Santa Carona

Esto vir!

No dia 09 de janeiro de 1902, em Barbastro na Espanha, nasceu São Josemaria Escrivá, um santo que mudou e muda a vida de tantas pessoas. Neste dia em que comemoramos seu nascimento, vamos citar alguns de seus ensinamentos que visam à santificação na vida cotidiana.

“Não digas: “ Eu sou assim…, são coisas do meu caráter”. São coisas da tua falta de caráter. Sê homem – << esto vir>>.”

Uma das coisas principais que São Josemaria alertava era para o autoconhecimento, pois como caminhar rumo à santidade sendo que não conhecemos nossas fraquezas e falhas, para lutarmos contra elas? A citação feita acima, nos lembra da conhecida Sídrome de Grabriela: “Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim e vou ser sempre assim”. Que falta de caráter! Quando nós conhecemos e descobrimos nossas falhas e misérias, é para lutarmos contra elas, é para tentarmos sermos melhores, para buscar a santificação e não para nos acostumarmos aos nossos erros e tomá-los como se fosse algo normal e que nada poderá mudar. Me lembrei  da questão do horóscopo, que busca justificativas para tudo, até para seu comportamento, pra tua “Falta de Caráter”,  a culpa é toda dos signos. O mundo sempre em busca de um culpado, sempre em busca de justificativa para os comportamentos errados e vitimizações. Que bobagem! O conhecimento próprio é importante, e também é bom sabermos que o espírito próprio é mau conselheiro, por isso é importante estarmos atentos ao que o Espírito Santo nos diz, e é importante termos também um diretor espiritual, que seja alguém que nos conheça e conheça também nosso apostolado e saiba o que Deus quer. Sejas obediente ao teu Diretor, afinal “ Se não te lembrarias de construir sem arquiteto uma boa casa para viveres na terra, como queres levantar sem Diretor o edifício da tua santificação, para viveres eternamente no Céu?”. Seja sincero com teu Diretor, deixe ele saber como você realmente é, e terás ganho uma grande batalha.

“Fracassaste?-Tu (estás bem convencido) não podes fracassar. Não fracassaste, adquiriste experiência. –Para frente!”.

Nós somos humanos, falhos, cheios de pecados e misérias, então estamos sujeitos obviamente a cairmos, por mais que tentemos e lutemos para ficar sempre de pé. Mas sabemos que um bom soldado não será necessariamente aquele que nunca cai, mas aquele que cai e logo se levanta, continua sua missão com qualidade, procura fazer bem feito aquilo que deve fazer, o que lhe foi confiado. Tem audácia! Observe, eu disse audácia, não imprudência. Por isso, confie Naquele que nos sustenta e para frente! Sem dramas.

“Não sejas frouxo, mole.- Já é tempo de repelires essa estranha compaixão que sentes por si mesmo.”

São José Maria também ensinava muito a sermos firmes, fortes, a não ficarmos nos vitimizando, assim como o mundo ensina. A firmeza é necessária para a santidade e para o apostolado. Podemos nos inspirar em Nossa Senhora, “juxta crucem Jesu”, junto à cruz de Jesus. É admirável sua firmeza perante a tamanha, senão a maior dor humana. Que possamos pedir a Ela essa firmeza , para que saibamos estar junto da cruz. E peçamos também para que sejamos dóceis, assim como Ela foi.

“ Habitua-te a elevar o coração a Deus em ação de graças muitas vezes ao dia. – Porque te dá isto e aquilo.-Porque te desprezaram.-Porque não tens o que precisas, ou porque o tens. Porque fez tão formosa a Sua Mãe, que é também tua Mãe. –porque criou o Sol e a Lua e este animal e aquela planta.-Porque fez aquele homem eloquente e a ti te fez de difícil palavra…Dá-Lhe graças por tudo, porque tudo é bom.”

Já reparou que temos o hábito ruim de pedir mais do que agradecer? As vezes até esquecemos de agradecer. Somos ingratos com Deus, não lhe damos o devido  louvor. Não agradecemos pela paciência que Ele tem conosco e  nem por Ele usar de sua Justiça e Misericódia em nossas vidas. Devemos agradecer mais a Deus por todas as coisas e aproveitar para sacudir a poeira da alma, abandonar certas rotinas e sermos mais próximos de Deus. Enfim, que o agradecimento se manifeste em um propósito concreto.

“Livros. Não os compres sem te aconselhares com pessoas cristãs, doutas e prudentes.-Poderias comprar uma coisa inútil ou prejudicial. Quantas vezes julgam levar debaixo do braço um livro…e levam um montão de lixo!”

Não podia deixar de ressaltar este ponto, sobre os livros! São Josemaria incentivava os estudos, tem conselhos para os estudantes e educadores e claro ele amava livros, bons livros! Mas também se decepcionava com os maus livros, principalmente com a dufusão destes, o angustiava ver tantos jovens lendo estes maus livros, chamados por ele mesmo de “lixo”.  Nós devemos ler e dedicar um tempo aos estudos, mas nas fontes certas. É importante estar atento ao material que utilizamos e pesquisar as referencias de determinado conteúdo. Temos que buscar aquilo que nos faça crescer , isso vale pra vida, e não ir atrás daquilo que nos faça comportar como urubus, que por mais que você ofereça algo bom a eles, eles preferem a carniça, pois já se acostumaram, aceitaram se adaptar a ela.

Fiz aqui uma breve reflexão sobre alguns pontos que São Josemaria Escrivá nos ensinou. Todas as citações feitas são dele. Que este santo interceda por nós e que nós nos inspiremos no seu exemplo de santidade e firmeza, para que possamos resistir às tentações e nos encontramos no Céu.

 

São Josemaria Escrivá, rogai por nós.

 

 

 

 

 

Pabline Gasparoti

Goiana, graduada em farmácia, catequista, gosto de uma boa leitura e sou apaixonada por Deus.

Add comment

Enter Captcha Here : *

Reload Image